Artista Selecionados

Katalin Fóris

During the course of her carrier Katalin has been repeatedly working with the manifestation of memories. In the last decade she has been experimenting with celluloid film negatives which themselves carry meaning and visually depict and document an era.
The artwork’s detail-oriented structure reflects the fragility and fast deterioration of human recollections. The past events are viewed as bodies that leave traces on the sea of collective memory. These snippets of remembrance imprint on our identities, culture and subconscious.
These shells of long-gone knowledge have an impact bigger than anything on our future.
The see-through film negatives in different colours represent the diversity in memory interpretation, signal uniqueness and portray individuality.
However, when taking a step back and looking at the whole the viewer is facing his own transience and concludes that he is unique in his own ways, just one of many hanging in parallel realities. He realises that his existence contributes to tomorrow’s cultural inheritance.

Ao longo da sua carreira, Katalin trabalhou repetidamente com a manifestação de memórias. Na última década, ela tem experimentado com negativos de filmes de celulóide que, por sua vez, carregam significado e retratam e documentam visualmente uma época.
A estrutura orientada para os detalhes da obra de arte reflete a fragilidade e a rápida deterioração das lembranças humanas. Os acontecimentos passados são vistos como corpos que deixam vestígios no mar da memória coletiva. Esses fragmentos de lembrança são impressos em nossas identidades, cultura e subconsciente.
Estas conchas de conhecimento há muito desaparecido têm um impacto maior do que qualquer outra coisa no nosso futuro.
Os negativos transparentes em diferentes cores representam a diversidade na interpretação da memória, sinalizam singularidade e retratam individualidade.
No entanto, ao dar um passo atrás e olhar para o todo, o espectador depara-se com a sua própria transitoriedade e conclui que é único nos seus próprios caminhos, apenas um entre muitas realidades paralelas. Ele compreende que a sua existência contribui para a herança cultural de amanhã.

Katalin Fóris

Hungria / Hungary


b.1972, Timisoara, Romania.
Graduated from West University Timisoara (RO) – Applied Arts / Faculty of Textile in 1999. Lives in Budapest, Hungary since 1999.


n.1972, Timisoara, Roménia.
Licenciada pela West University Timisoara (RO) – Artes Aplicadas / Faculdade do Têxtil em 1999.
Vive em Budapeste, Hungria desde 1999.